image

Não, não me diga que vai ficar tudo bem, pois não vai. E, mesmo que depois fique, eu ainda estarei com raiva, não irei querer saber de ninguém. Não ache que o que eu sinto não é nada demais (ou ao menos não me diga isto) pois você não sabe como é, não sabe o que eu sinto, não pode dividir isso comigo. Mesmo se achar que sou egoísta, cale-se. Não precisa me entender, não precisa me abraçar. Quando eu estiver dessa forma, apenas me deixe em paz. Cutucar feridas ainda abertas não será a solução. Além do mais, relaxe. Só porque eu deixei escapar algumas lágrimas agora não significa que elas nunca apareceram antes. Depois passa, eu sei, depois passa. É que eu vivo me esquecendo disso.